Tradição e compromisso com você!

(31) 3398-1033

Blog da Madeirama

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por email!

8 dicas para aumentar a produtividade da sua marcenaria

Se comprometer a ter produtividade nem sempre é fácil. Uma rotina agitada tendo que atender diversas demandas, fazendo um atendimento de qualidade ao cliente, realizando orçamentos e ainda tentar surpreender, definitivamente não é simples. Por isso, separamos aqui 8 dicas que vão te ajudar a alcançar uma boa produtividade dentro da sua Marcenaria, acompanhe:

  1. Deixe a linha de produção organizada

Vamos começar pela organização dos equipamentos e materiais. Você deve organizá-los com base em três categorias:

  • Quais máquinas são usadas todos os dias?
  • Quais são usadas apenas em alguns projetos?
  • Quais equipamentos são muito pouco ou quase nunca usados?

Depois dessas três divisões, é necessário que realize uma divisão também em uma ordem lógica, de acordo com as etapas de cada projeto, evitando a perca de tempo com o deslocamento entre uma etapa e outra. Com um bom posicionamento das máquinas/ferramentas e um espaço confortável para circulação, o fluxo da sua produção ficará mais rápido, ganhando tempo.

  1. Faça um planejamento de suas demandas

Com o dia a dia agitado, fica quase impossível não deixar passar algo em branco, e isso é normal. Portanto, checklists para cada etapa são extremamente bem-vindos, eles evitam que você pule algum processo e te ajudam a organizar melhor sua rotina e também a mente, mantendo o controle de todos os seus passos.

  1. Use a tecnologia ao seu favor

Sempre há desperdícios de material, seja por descuido, seja por um plano de corte errado, seja por uma mudança de planos. Mas, você pode diminuir consideravelmente essa margem de erros com a tecnologia a seu favor. Usando boas máquinas, ferramentas, e um software de plano de corte, a margem de erros é muito menor, bem como o desperdício. Ou seja, maior aproveitamento de material, ganho de tempo e economia. Busque se atualizar e usar a tecnologia a seu favor, na finalização do projeto, a diferença de qualidade é nítida.

  1. Descarte tudo o que a sua marcenaria já não usa

Faça uma boa limpeza em seus materiais. Nada de acumular ferramentas ou produtos que não servem dentro da Marcenaria. Não está adequado para uso? Descarte! O acúmulo só deixará o ambiente mais poluído e desorganizado, o que mais cedo ou mais tarde, impactará no fluxo da produção.

  1. Quanto mais facilidade, melhor!

Invista em equipamentos que tragam agilidade para o dia a dia. Apesar de investimentos exigirem um gasto a mais, esse gasto será recompensado na agilidade da entrega do produto, o que consequentemente agregará na qualidade do seu serviço. Os carrinhos transportadores de chapas, por exemplo, são um ótimo investimento para o dia a dia.

  1. Invista na gestão de tempo

Organize, sempre! Tenha todas as tarefas alinhadas e planejadas, com esse controle, você consegue administrar muito melhor cada um dos setores e identificar possíveis empecilhos ou dificuldades que estejam influenciando no fluxo geral. Existe uma grande diversidade de aplicativos super fáceis de usar e gratuitos que podem ajudar bastante nessa etapa.

  1. Tenha muito bem definido os seus projetos

É de extrema importância que você colha um briefing completo do seu cliente, incluindo onde o móvel ficará localizado, se estará exposto a umidade ou luz solar, por que ele quer esse móvel, qual a utilidade dele no dia a dia… Todas as informações que podem de alguma forma influenciar na produção. No seu primeiro esboço, é provável que haja alterações do cliente, e assim seguirá até tomar a forma desejada. É importante incluir uma cláusula no contrato especificando que, uma vez aprovada a versão final, não será mais possível fazer qualquer alteração.

  1. Faça seu preço corretamente

Para a precificação, você deve analisar cada etapa do trabalho e atribuir um preço justo ao que está sendo feito, desde a mão de obra e material, até os recursos e tempo que serão usados para produzi-lo. Procure sempre contabilizar:

  • Qual a quantidade e o valor da matéria-prima?
  • Que tipo de mão de obra é necessária?
  • Quanto tempo será dedicado para a fabricação dos móveis?
  • Como será a montagem?
  • Qual é o desgaste das máquinas e ferramentas?

Além de garantir uma boa argumentação com o cliente, isso também agregará valor ao seu trabalho. E não se esqueça de colocar uma margem de lucro, que deve ser justa, mas necessária para o seu ganho.

Gostou do conteúdo de hoje? Então, fique sempre por aqui, o melhor portal de notícias e novidades do mundo da marcenaria e as melhores matéria prima você encontra aqui na Madeirama.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Luiz Fernando

Luiz Fernando

Analista de conteúdo

Fundada em 1984, a Madeirama iniciou sua trajetória em Contagem e tornou-se uma importante distribuidora de insumos para marcenaria de Minas Gerais. Com unidades em Contagem e em Belo Horizonte, atende com qualidade toda a Região Metropolitana de Belo Horizonte, assim como marcenarias espalhadas por todo o Estado.

Rua Joaquim José, 999 – Loja A – Bairro Fonte Grande | Contagem – MG – CEP 32013-390

Instagram

[instagram-feed]